Melhor banco para abrir conta corrente? A gente escreveu um texto para te ajudar a entender se existe esse banco no Brasil.

Quando pensamos no melhor banco para abrir conta corrente no Brasil, inúmeros fatores são levados em conta – financeiro, estrutura, facilidade e até mesmo atendimento dos funcionários, prestação de serviços de gerência e contato online.

Para te ajudar nesse processo de abertura de conta, separamos algumas dicas sobre o assunto, incluindo uma das partes primordiais na hora da escolha: tarifas e serviços gratuitos. Confira mais abaixo!

Qual o melhor banco para abrir conta no Brasil? O que considerar?

Primeiro,é importante que você tenha em mente o que é mais importante que sua conta tenha como serviços disponíveis. Isso ajudará no processo de escolha, já que os bancos costumam se especializar em determinados perfis de clientes. Considere:

  • Taxas que serão vinculadas à sua conta: Veja se você pode arcar com taxas, quais são seus limites financeiros e quais delas há disposição para pagar em troca de serviços mais exclusivos, como cartão sem limite, por exemplo.
  • Se as taxas são fator importante para o seu caso, ou seja, se você não quer pagar muito para manter a conta, é importante pensar no que será preciso usar diariamente. Leve em conta quanto de saque será preciso para o mês, quantas transferências, DOCs e outros serviços. Nem sempre os bancos mais baratos oferecem esses serviços ilimitados, o que pode acabar encarecendo as taxas no futuro.
  • Se você não utiliza os serviços citados com frequência, pensar no banco mais barato costuma ser mais fácil: basta pensar naquele que cobra menos taxas, com o mínimo de serviços agregados. No geral, todos os bancos oferecem uma quantidade mínima de saques, transferências e folhas de cheque.
  • Pense também na questão de estrutura. Seu banco ideal é aquele onde conversar pessoal com o gerente seja possível? Ou você prefere um banco que possua serviços online completos, como transferências, pagamentos de contas e débito automático? Saiba que nem todos os bancos oferecem aplicativos para celular, por exemplo, e veja o quanto isso impacta no seu dia-a-dia.
  • Se você precisa sempre usar dinheiro vivo, por exemplo, é válido verificar a quantidade de caixas eletrônicos que encontrará à sua disposição na cidade e também no exterior, caso viaje. Nem todos os bancos oferecem serviços de saques em outras agências que não sejam as oficiais, o que pode atrapalhar quem precisa sacar dinheiro com frequência.
  • Por fim, pense no quanto você precisa ir ao banco semanalmente,se tem costume de manter um bom relacionamento com gerentes e se precisa de aconselhamento em investimentos. Para esses casos, um banco 100% digital pode não ser completo, embora seja sempre possível adaptar-se ao atendimento online.Mesmo assim, vale a pena escolher um banco que una o melhor dos dois mundos: praticidade e presença física.

Ps: se o banco for um banco digital, provável que tenha a melhor experiência.

Quais são os bancos mais baratos e os bancos mais caros para abrir conta?

Levando em conta que suas necessidades precisam ser atendidas, vale dizer que não é muito simples definir o que é um banco caro de um banco barato – especialmente se considerarmos a questão dos serviços oferecidos por eles. Separamos, porém,dois bancos que podem ser bem diferentes entre si:

  • O Banco Inter é um dos mais baratos em termos de taxas, porém,ele é um dos que menos oferece serviços, além de todos eles serem muito limitados. Na maioria dos casos, o banco inter não cobra taxas altas de anuidade e nem mesmo de manutenção. Como desvantagem, não oferece cheques e algumas transações são cobradas à parte. Banco ideal para quem realiza poucas transferências, poucos saques e apesar utiliza o banco para receber o salário e pagar dívidas.
  • O Banco do Brasil é um dos que mais cobra tarifas, tanto para manutenção de conta como para a anuidade do cartão. Por outro lado, ele é bem completo e oferece todos os serviços necessários, digitalmente e presencialmente. É um banco para quem quer receber o salário e realizar transferência ou outras transações de forma ilimitada.

Embora os dois bancos sejam apenas exemplos, é interessante compreender porque um cobra mais tarifas do que o outro: essencialmente, quanto menos taxas, menos serviços ilimitados. Por isso, esse deve ser um fator de relevância máxima na hora de definir qual o melhor banco para abrir conta-corrente.

Qual o melhor banco em termos de serviços?

Embora o Banco do Brasil esteja entre um dos mais caros, em 2016 ele liderou uma pesquisa como um dos melhores bancos para abrir conta corrente devido aos seus serviços prestados – incluindo atendimento nas agências físicas e atendimento via telefone, além de transações como investimentos ou financiamentos.

O Itaú ficou em segundo lugar na mesma pesquisa, além de ter um bom diferencial no quesito online, já que seu aplicativo costuma ter boas avaliações dos clientes.

Nos bancos digitais, o Banco Inter é um grande concorrente dos demais, pois apresenta como solução para a falta de agências físicas, a interligação com o Santander.

Conclusão

Escolher o melhor banco para abrir conta corrente não é uma tarefa fácil e, como explicamos, é válido pensar em diversos aspectos para garantir que todas suas necessidades sejam atendidas.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre os bancos que citamos ou os demais, não deixe de acompanhar nosso blog – postaremos sempre informações relevantes sobre o assunto!

Gostou do texto de hoje? Compartilhe nas redes sociais!

Write A Comment