Muitas pessoas se perguntam qual o melhor banco digital, especialmente em épocas onde eles estão cada vez mais presentes no dia-a-dia da população – que já não quer mais ter que se deslocar até as agências para realizar transações simples, como transferências ou depósitos, por exemplo.

Nesse contexto, surgiram bancos exclusivamente digitais e outros que se modernizaram e passaram a oferecer serviços em aplicativos e pela internet para competir com essa nova demanda. Mas qual será o melhor deles?

Como essa é uma pergunta sem respostas precisas, no texto de hoje trouxemos as vantagens e desvantagens dos mais famosos bancos digitais do país – dessa forma, você poderá tirar suas conclusões de acordo com suas necessidades. Confira!

Qual melhor banco digital do Brasil?

Como falamos, essa é uma pergunta bem pessoal e que depende de uma série de fatores, inclusive no que diz respeito às suas necessidades individuais. Porém, obviamente cada um dos bancos possui algumas vantagens e desvantagens. Separamos em uma lista quais são elas! Anote!

O Banco do Brasil se modernizou e hoje é também digital, além de contar com todas as agências físicas que os brasileiros conhecem há décadas. Dessa forma, ele conseguiu atingir um público mais exigente, que precisava facilitar a vida e encontrar opções online para realizar suas transações. Vamos entender agora as vantagens e desvantagens de optar pelo BB!

Vantagens: O aplicativo do Banco do Brasil oferece a comodidade que as pessoas procuram em uma conta digital. Além de transferências sem sair de casa, ele traz a opção de pagar contas por meio de código de barras e solicitar cartões de crédito.

Desvantagens: Recentemente, o BB limitou a abertura de novas contas digitais para quem já tem conta corrente no banco, impedindo que elas fossem feitas separadamente. É preciso abrir uma conta corrente tradicional e isso poderá exigir presença em uma agência, dependendo do caso.

O Banco Inter é 100% digital, o que já pode ser considerado uma primeira vantagem para a abertura facilitada de conta. Porém, algumas pessoas podem sentir falta do presencial para assuntos mais sérios. Vamos aos prós e contras!

Vantagens: Possui a maioria dos serviços de aplicativos, como pagamento de contas online, além de saques ilimitados e TED sem custo nenhum.

Desvantagens: Não possui agência física e ainda não tem a função de débito automático, o que pode ser um problema para quem depende desse tipo de serviço.

Um banco relativamente novo e com agências físicas, o Banco Original tem sido bastante falado nos últimos anos e vem ganhando adeptos nas mais diversas cidades, especialmente capitais. Também digital, ele possui poucas vantagens em relação aos outros. Vamos entender!

Vantagens: É possível abrir a conta online, o que facilita o processo de quem não quer ir à uma agência. O banco oferece saques ilimitados e as transferências entre duas contas do mesmo banco são gratuitas.

Desvantagens: Muitas taxas para as transações e o TED não é ilimitado.

O Banco Neon é mais um dos bancos 100% online, que permitem um cadastro pelo celular, mais especificamente pelo aplicativo. Com uma vantagem gigantesca sobre os outros no quesito tarifa, ele não cobra nenhuma taxa de manutenção anual. Agora, vamos entender as suas vantagens e desvantagens.

Vantagens: 100% online. Sem dúvidas, quem quer uma conta digital pode achar esse um ponto positivo considerável. Sem anuidade e sem tarifa de manutenção.

Desvantagens: Os TED’s não são ilimitados e o banco cobra uma tarifa logo após o segundo TED. Não possui cheque especial e não tem cartão de crédito.

Um banco do grupo Bradesco, mas que promete ser totalmente independente dele: essa é a premissa do banco Next, que tem grandes vantagens em relação à tarifas e alguns benefícios que ele oferece. Vamos entender!

Vantagens: É digital, mas qualquer problema maior pode ser resolvido em uma agência do Bradesco. O banco também oferece transações online essenciais, como TED’s e DOC’s ilimitados.

Desvantagens: Não tem a opção de cheque e o cartão de crédito possui anuidade. Além disso, se você precisar depositar um cheque, precisará fazer isso no caixa eletrônico do Bradesco.

O Nubank caiu do gosto popular por ser um banco de fácil acesso e que se mostrou perfeito para quem não tem como comprovar renda ou está em busca do seu primeiro cartão de crédito. Sua conta digital, a NuConta, é bem cotada para ser uma das preferidas de quem aposta do 100% digital. Vamos entender melhor.

Vantagens: Não precisa comprovar renda e nem ir a uma agência física. Tudo é feito online e sem grandes burocracias. Ela não tem anuidade e também oferece crédito fácil pelo aplicativo.

Desvantagens: Por não ser um banco de fato, a NuConta não tem as mesmas garantias de contas correntes comuns, por isso, merece ser utilizada só para pagar contas básicas. Além disso, ela não oferece a opção do cartão de débito.

O Banco Sofisa Direto tem atraído investidores e pessoas em busca de taxas mais atraentes e rendimentos maiores. Como é novo no mercado, ele possui boas vantagens nesse sentido, além de outras que vamos citar mais abaixo.

Vantagens: É digital, sem necessidade de idas à agência em nenhum momento, nem mesmo para abrir sua conta. A conta corrente não tem taxas, nem de abertura e nem de manutenção.

Desvantagens: Sem opção de fazer TED ou de receber transferências. O banco também não possui cartão de débito e nem mesmo depósito de cheques por imagem.

Também relativamente novo no mercado, o Trigg vem chamando atenção pela facilidade na abertura da conta e pela sua personalidade 100% digital, o que o torna muito mais eficiente na questão do aplicativo como um todo. Vamos entender suas vantagens e desvantagens.

Vantagens: Anuidade do cartão de crédito muito baixa comparada aos demais bancos. O Trigg também possui a vantagem de não precisar de comprovação de renda e de ser possível abrir a conta pelo próprio aplicativo.

Desvantagens: Um pouco demorado para a análise de crédito e sem opção de débito. Além disso, algumas transações comuns de bancos são impedidas, como TED’s.

O Itaú não é um banco 100% digital, como a maioria de nós sabe. Porém, isso pode ser uma vantagem, já que os problemas maiores são passíveis de conversas presenciais.

Vantagens: Banco presencial e digital. O aplicativo é de fácil acesso e possui todas as transações comuns que um cliente precisa, como TED, DOC. Além disso, possui cartão de débito, opção de investimentos online e débito automático.

Desvantagens: Tarifa alta comparada com bancos digitais. DOC para outras contas com valor excessivo e limitado. Além disso, o aplicativo pode falhar às vezes.

Por fim, o banco Santander, que agora também é digital. Com a opção do aplicativo, o banco facilitou suas transações e hoje elas não precisam ser feitas no caixa eletrônico.

Vantagens: O Santander agora oferece a maioria das transações no aplicativo, como TED, DOC, débito automático e investimentos.

Desvantagens: As tarifas existem e podem ser altas, dependendo do cliente. Além disso, abrir a conta pode exigir a ida na agência para confirmar dados, já que o banco não é 100% digital.

Com base nessas informações, ficou mais fácil decidir qual o melhor banco digital do Brasil? Lembre-se que essa escolha exige que você faça sua análise e também converse com os responsáveis por cada banco para tirar suas dúvidas. Nossa dica final é: o melhor banco digital do Brasil é aquele mais parecido com você!

Gostou do texto de hoje? Compartilhe nas redes sociais!

Write A Comment