Empreendedores e empresários costumam ter uma dúvida bem comum logo quando abrem seu negócio:eles devem optar por uma conta empresarial no banco ou suas contas comuns já são suficientes para organizar as finanças de maneira correta?

Embora não haja nenhuma lei que traga como obrigação a conta aberta como pessoa jurídica para empresas, será que é aconselhável realizar transações em conjunto com sua conta de pessoa física?

Para sanar essa dúvida de uma vez por todas e ainda trazer informações relevantes sobre o assunto, no texto de hoje separamos de forma objetiva e resumida tudo que você precisa saber para não sair no prejuízo e organizar a vida financeira da sua empresa. Confira!

Conta empresarial: como funciona? Diferenças básicas!

A conta empresarial nada mais é do que uma conta corrente aberta em nome de uma empresa. De forma bem simples, podemos entendê-la como uma conta que não exige que você seja o único movimentador – se, por exemplo, houver um sócio, ele poderá fazer movimentações da mesma forma sem comprometer suas finanças pessoais.

Ela não é obrigatória para que uma empresa funcione corretamente, mas é altamente aconselhável para que não haja problemas na hora de pagar tributos ou mesmo confusões sobre o que são gastos da empresa e o que são gastos exclusivamente seus.

Para quem é MEI, mesmo sem a presença do sócio, a conta empresarial também é interessante, já que ela poderá servir de base para o cálculo posterior de rendimentos – essencial para organizar as finanças e evitar problemas com a Receita Federal.

Em resumo, não há nenhuma desvantagem em ter uma conta corrente como pessoa jurídica e ela só tem a agregar na sua profissionalização e organização financeira. Claro, vale sempre a pena manter sua conta pessoal em atividade e recebendo seu “salário” todos os meses normalmente.

Qual a diferença entre conta empresarial e conta pessoa física?

Como explicamos, a diferença primordial entre uma conta empresarial e uma conta pessoa física é o nome em que ela está vinculado. Ao invés de ter o nome de uma pessoa, ela será aberta em nome da sua empresa, ou seja, poderá ser movimentada por quem for autorizado a isso.

Outro detalhe importante é que a conta empresarial pode ter benefícios que uma conta física não teria, como movimentações em aplicações muito específicas e até desconto em tarifas – claro que isso será definido pelo seu banco escolhido, já que eles diferem uns dos outros nesse sentido.

Como abrir conta empresarial online?

Agora que já explicamos como funciona uma conta empresarial e suas principais características, separamos alguns bancos que oferecem a abertura online de conta-corrente para pessoa jurídica. Lembramos que, além deles, há outros que podem não estar na nossa lista. Confira:

  • Conta Banco do Brasil PJ

O Banco do Brasil recentemente lançou a opção de abrir uma conta PJ pelo aplicativo ou mesmo pelo site oficial. Embora seja interessante já ter uma conta-corrente comum no banco, esse não é um requisito para ter sua conta empresarial BB.

Para facilitar, eles dividem a conta PJ em duas: para empresas comuns, como pequenas, médias e grandes e para MEI, que pagam menos taxas devido ao rendimento mais baixo.

Bem simples de realizar o processo, a conta empresarial do Banco do Brasil é simplificada também na hora de movimentá-la, já que é possível fazer isso pelo aplicativo sem grandes complicações.

  • Conta Empresarial Banco Inter

Conhecido por ser um banco 100% digital, o banco Inter é também uma boa referência quando falamos de conta empresarial. Além disso, eles também trabalham com uma conta exclusiva para MEI, assim como no Banco do Brasil.

As contas empresariais do banco Inter são completas e feitas de forma totalmente online, possuem serviços como TED, saques, cheques e cartão de crédito empresarial.

Para quem não quer se preocupar em ir até o banco realizar esse procedimento de abertura pode ser uma boa solução optar pelo Inter, que é altamente confiável e muito flexível.

Como uma das desvantagens da conta empresarial Inter é a necessidade de também ter uma conta pessoa física por lá, o que pode demorar um pouco mais para realizar todos os procedimentos necessários.

Por outro lado, é aconselhável ter a conta PJ e a física no mesmo banco, evitando taxas excessivas e conseguindo benefícios extras, como aplicações mais vantajosas, por exemplo. Esse conselho vale também para quem irá optar por uma conta no Banco do Brasil, por exemplo.

  • Agibank

A conta empresarial Agibank tem a vantagem de não possuir tarifas, embora seja um pouco mais limitada e com menos opções de transações do que as demais que citamos. Porém, para quem quer uma opção mais compacta e apenas para recebimentos e poucos TEDs, pode valer a pena deixar de pagar tarifas para organizar melhor a vida financeira da empresa.

Além disso, a conta empresarial Agibank pode ser aberta online e conta com alguns benefícios como Cartão de Crédito e transferências via QR CODE.

Conclusões

Ter uma conta empresarial é sempre vantajoso para o seu negócio já que, como explicamos, ele irá te ajudar a controlar melhor as finanças e diminuir os riscos de impostos desnecessários devido dificuldades de declarar rendimentos, por exemplo.

Além disso, a conta empresarial permite que você pague funcionários, fornecedores e estipule com mais precisão os gastos da empresa, que não ficarão mais misturados com os pessoais.

Gostou do texto de hoje? Compartilhe nas redes sociais com os seus amigos!

Write A Comment