A briga pelo cliente tem capítulos importantes pela frente. Os bancos digitais no Brasil não são muitos ainda, porém já mostram que serão uma realidade grande por aqui. Mas na prática quais são eles?

Bancos digitais no Brasil: quais são?

Apesar de alguns bancos tradicionais também abrirem contas pela internet, alguns já tem força suficiente para abrir milhões de contas, caso do Nubank. Separamos uma lista de bancos digitais (na essência) que vale à pena olhar e conhecer os serviços. Veja abaixo:

  • Inter – antigo Intermedium, o Inter vem fazendo um belo trabalho;
  • Original – primeiro banco digital do Brasil, o Original teve investimento pesado para lançar e se manter com a estratégia de crescimento;
  • Nubank – “jóia da casa”, o Nubank é o principal nome da nova geração e bancos digitais do país. Tem milhões de clientes mas ainda não publicou resultados financeiros positivos;
  • Bankyconta digital PJ focada em empreendedores (startups, freelancers e desenvolvedores de software);
  • Bs2 – banco digital do Banco Bonsucesso, tem tradição de consignado e ainda está no início das operações de abertura digital;
  • C6Bank – banco criado por ex-executivos do BTG, compraram startups, receberam grande investimento e ainda não tem um produto no mercado;
  • ContaUm – essa conta digital se especializou no mercado de empresas (B2BC) com um aplicativo que permitia também soluções de folha de pagamento:
  • Superdigital – essa banco digital foi transformado. Antiga Conta Super (adquirida pelo Santander), é a promessa do banco para brigar nos digitais;
  • Woop Sicred – O Woop é a plataforma do Sicredi e veio com o objetivo de competir com as demais plataformas online, além é claro de atrair clientes do país todo para criar sua conta na Sicredi.
  • Social Bank – O banco digital foi idealizado e concebido por Carlos Wizard Martins, fundador da rede de escolas Wizard. Ainda sem expressão.
  • Agibank – o antigo grupo Agiplan, remodelou a marca e relançou com o nome de Agibank. O grupo tem no dna, empréstimos de varejo;
  • Sofisa Direto – é um dos primeiros bancos digitais do Brasil. É a aposta do Sofisa (tradicional grupo financeiro do Brasil) para brigar no ambiente digital;
  • Neon – antes do acordo com a BV Financeira, o Banco Neon sofreu um impacto ao ter que desafazer a sociedade com os antigos sócios para sobreviverem. Tem grande apelo com os jovens;
  • Next – aposta do Bradesco para digitalizar o banco. Vem crescendo, porém ainda não faz concorrência ao Inter e Nubank;
  • PjBank – conta de pagamento PJ que estreou em 2017, porém tem como foco ser o banco digital pj dos condomínios e administradoras.

Apesar de muitas iniciativas de bancos digitais no Brasil nascerem, a gente separou somente aqueles essencialmente digitais.

Vamos atualizar essa lista constantemente para termos uma boa visão de todos bancos digitais do Brasil.

Write A Comment